O Senhor é meu Pastor

       Davi declara que o Senhor Deus era seu pastor. Ele adequa esta linguagem para si mesmo, e a aplica à nação de Israel como um todo. O salmista registra 14 motivos pelos quais Deus era seu Pastor:

       1) “Nada me faltará” – indica, portanto, provisão, pois o Senhor nunca falha e está sempre presente conosco; 2) “Deitar-me faz em verdes pastos” – passa a ideia de que o “Pastor” leva a “ovelha” onde há boa pastagem; 3) “Guia-me mansamente a águas tranquilas” – águas agitadas assustam as ovelhas, pois são animais medrosos; 4) “Refrigera a minha alma” – refrigério é a sensação agradável que produz frescor. A presença do Senhor gera em nós tranquilidade.

       5) “Guia-me pelas veredas da justiça por amor de seu nome” – vereda é o caminho, a direção, o rumo. Deus nos conduz e defende-nos quando somos injustiçados; 6) “Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte” – vale é uma depressão ou planície entre montes, local perigoso e difícil de se caminhar, mas Deus cuida de nós, para que não caiamos e venhamos, em consequência disso, morrer.

       7) “Não temeria mal algum” – O Senhor está continuamente presente em nossas vidas, a fim de livrar-nos de todo perigo que se manifesta em nossas vidas; 8) “Porque tu estás comigo” – Deus está diuturnamente ao nosso lado, para nos livrar de todo acidente ou incidente; o sol não nos molesta de dia nem a lua de noite.

       9) “A tua vara e o teu cajado me consolam” – a vara, com o formato de um gancho em uma das pontas, resgata a ovelha que fica presa em um espinheiro; o cajado evita que ela vá aonde não lhe é permitido; 10) “Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos” – a ovelha é bem-cuidada e servida na presença de seus inimigos, que nada podem fazer para atacá-la.

       11) “Unges a minha cabeça com óleo” – o óleo evita que a ovelha seja atacada pelos mosquitos que não a deixam alimentar-se direito. O óleo sobre nossa cabeça evita maus pensamentos causados pelos “insetos” que tentam nos afastar da Palavra de Deus, nosso alimento espiritual; 12) “O meu cálice transborda” – cálice transbordante é símbolo de satisfação total.

       13) “Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida” – quando obedecemos a Deus, não precisamos correr atrás das bênçãos, pois são elas que nos seguem. O Senhor constituiu-nos como cabeças e não caldas;

14) “E habitarei na casa do Senhor por longos dias” – habitar na casa do Senhor significa viver com Ele eternamente.

Pr. Antonio Mardonio

1º vice-diretor e editor-chefe do Ceifeiros em Chamas

Postagens relacionadas

Junte-se à discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top